Buscar
  • Luciano Antonio Carvalho

Ligando os pontos como um eremita.


Durante o processo de compor, aprendi a apreciar as lacunas. Percebi que, ante uma lacuna, surge um desespero. Igual a questões diversas na vida. Entre um ponto e outro, já devidamente estabelecidos, de repente percebemos uma lacuna, e duas atitudes tentam nos seduzir: ou negar a existência da lacuna, ou preenche-la com pressa, baseado em algum artifício ou pré-conceito guardado na manga. Na composição musical, negar a lacuna gera uma música com quebras que o compositor na verdade não queria, e aí a gente teria que ver uns exemplos, os quais vou ter que deixar para outra ocasião; da minha parte, acho os resultados esquisitos (falo das minhas próprias músicas). Preencher com pressa já seria, por exemplo, usar um procedimento clichê para resolver o buraco, o que pode fazer a lacuna “brilhar” mais que o resto todo da composição, ou criar uma inconsistência estilística, ou ficar fraco enquanto discurso, enfim, criando situações que por sua vez geram mais problemas, que aí então a gente nega...


Qual a solução? Ante a lacuna, meu conselho é: olhe para ela. Acho necessário parar um tempo e deixar a lacuna existir, e, na medida em que o olhar vai se acostumando, começar a enxergar o que tem lá. Aí sim, o que antes era mera lacuna vai virando um terreno que, embora estivesse lá, a gente não via, e que agora dá para “explorar”, para poder habitá-lo, ocupá-lo, dando a ele um uso dentro da composição.


Parece demorado, mas não é. Naturalmente, tem ainda a questão de estarmos em condições de fazer essa parada, essa retirada, e, como um ermitão, ficar um tempo somente com esse olhar para dentro. Sim, até pode demorar, mas é o método mais rápido que há para preencher bem essa lacuna; e geralmente não demora tanto, não: mal a gente finalmente consegue esse estado de olhar, as coisas já começam a aparecer.


Pois é. Compor tem dessas.


Foto de Jean-Charles Mandou, do acervo da companhia Teatro Por Um Triz.


#lucianoantoniocarvalho #reflexão #reflexao #compositor #filosofia #filosofiadaarte #espiritualidade #musicaindependente

0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now